quarta-feira, 10 de junho de 2009

O perigo mora ao lado (post longo mas vale a pena ser lido)

Nasci e moro na cidade do Rio de Janeiro desde sempre. Tenho uma relação de amor e ódio com essa cidade. Parei de frequentar lugares por causa da violência e talz, mas nem por isso tenho vontade de abandonar o barco.
Então, eu moro no subúrbio da cidade, onde normalmente as coisas ruins acontecem e são noticiadas com mais ênfase, até pq turista não vem pro subúrbio né. Mais hoje aconteceu um fato curioso pra caramba... Preparem-se pra ler, pois preciso de riqueza de detalhes ao relatar.

De manhã, numa reportagem da TV, foi noticiado um caso de um cara que se passa por funcionário (ou ele é, não se sabe ao certo) do combate à dengue que estuprou uma moça aqui no subúrbio depois da 3ª ou 4ª visita em sua casa. O lance foi o seguinte: o cara fez visitas, viu a rotina da família, ficou meio que próximo da moça e do marido dela e da última vez, visitou a casa com a desculpa de fazer um combate à baratas e ratos, já que antes não possuia o remédio. Òbvio que a moça abriu a porta e dali em diante começou o inferno, estupro, acusações, xingamentos e tudo que há de pior.

Parte 2 - Uma tia minha deu uma "surtada" depois que viu a reportagem e jurou de pés juntos que o cara que estava na vila dela conversando com o genro e o cunhado era o memso do retrato falado divulgado na reportagem. Tadinha da minha tia, foi motivo de chacota por conta das minhas e tal, mas como o tal cara ficou numa situação suspeita, minha prima achou por bem informar (numa de alerta) a polícia. O cara, ficou aqui, batendo de porta em porta, fazendo perguntas estranhas.

Parte 3 - Wagner Montes e seu EXCRACHAAAAAAAAAAAAA noticiou às 13hs novamente a mesma notícia e divulgou també o retrato falado ai veio a surpresa...
O meliante tava aqui, na minha rua. Vários vizinhos e familiares meus reconheceram após ver o retrato falado e o cara. Teve gente que primeiro viu o cara depois o retrato, teve outras pessoas que viu o retrato e depois o cara, enfim, tivemos a certeza absoluta que era o tal FDP...

Ai a sugestão era ligar pro disque denúncia e sabe o que eles disseram: Vamos averiguar.
Isso aconteceu por volta das 08h da manhã e já são 20:55h e até agora nada...
Como é que você pode confiar na polícia e nas entidades governamentais se elas não estão ali na hora que você pode e estar disposto a colaborar com eles?

Pelo que fiquei sabendo, o jeito foi avisar aos meninos (não dá pra escrever com todas as letras), eles já estão se encarregando de espalhar retratos falados pela região e na boa, tomara que o safadão não apareça porque senão...
A COBRA VAI FUMAR.

É isso gente, aconteceu aqui, do outro lado da rua da minha casa. Todo o cuidado realmente é mais que pouco.

Era só por hoje pessoas.
Beijo beijo
Vê.

PS: Ainda tô confusa, queria falar mais disso tudo aqui, mas acho que não dá...
Beijo

2 comentários:

Irmãs disse...

Eu vi a reportagem sobre esse caso no Jornal da band. Como pode né? Vcs ligam, falam que o cara tá ai e nada acontece ... realmente é pra ficar com medo!

Beijos!

Sah

Nathália disse...

Sei exatamente sua relação de amor e ódio com o Rio. Também moro aqui e sinto a mesma coisa.
É desesperador quando quem deveria nos proteger não mostra que está de fato fazendo isso.

Beijo!