segunda-feira, 9 de fevereiro de 2015

Nada me assusta.

Eu sempre fui assim. Daquelas pessoas que não se choca com nada. Desde criança, me lembro que sempre tive tendências ao acolhimento e nada que me diziam me causavam espanto.
Frieza? Talvez, mas com o tempo percebi que é uma característica maravilhosa que eu tenho e acabou me levando para a profissão que eu escolhi - o servico social.
Acredito que na vida fazemos escolhas e por isso, arcar com elas faz parte do nosso dia a dia. Ter alguem que nos ouça sem o pré julgamento as vezes é libertador.
Isso nao siginfica que concorde com tudo aquilo que me contam, mas pelas inúmeras leituras que fiz e faço por conta da profissão, aprendi que uma escuta ativa e imparcial, causa no outro uma sensação de alívio, além de despertar a confiança.
Faz parte de mim ouvir.
Se quiser me contar...

Beijos,
Vê