quarta-feira, 8 de fevereiro de 2012

Festinha

Oi pessoal,


Fazia tempo que eu não via selinhos, recebi 2 da Tatinha do Criando forças a cada dia!

Vamos ao primeiro:


Ofereço para os blogs que me visitam e gostam das minhas baboseiras. Fiquei a vontade pra pegar... Não esqueçam de agradecer no blog que te enviou! E em seguida, escrever uma frase que te inspira. A minha é a seguinte:


SE HÁ LOUCURA ENTÃO, MELHOR NÃO TER RAZÃO...




O segundo selinho é assim:


Desafio: responder 10 perguntas sobre mim e contar 7 coisas aleatórias tb sobre mim... Ofereço tb aos meus queridos visitantes que eu gosto tanto,a final esse blog é nosso!

1° Qual minha música favorita?
Nossa tenho tantas, nem dá pra enumerar, mais uma que eu sempre vou amar é "You oughta know" da Alanis Morissete

2° Qual minha sobremesa favorita?
Goiabada com creme de leite

3° O que me tira do sério?
Lentidão

4° Como fico quando fico chateada?
Mal humorada

5° Qual meu animal de estimação preferido?
Não tenho

6° Prefere preto ou branco?
Preto

7° Qual o maior medo?
Imaginar que um dia vou perder a minha mãe.

8° Qual a atitude cotidiana?
Comer pão

9° O que é perfeito?
O amor de mãe.

10° Qual é a culpa que tem?
Culpa eu? Desconheço isso hehehe

Sete aleatórias sobre mim.
1 - ingênua
2 - comilona
3 - viciada em rede sociais
4 - profissional dedicada
5 - migrante do RJ pra SP
6 - bagunceira
7 - crédula




quinta-feira, 2 de fevereiro de 2012

Mães que oram, mãos que abençoam

Oiê!


Nossa, tempo enorme sem vir aqui. Cheguei em casa depois de 15 dias no RJ, ai voltamos à normalidade.


Mas o que me trouxe aqui foi o sentimento de felicidade e dever cumprido.


Eu e marido resolvemos no fim do ano passado mudar a pequena de escola pra algo maior, bilíngue e com uma dinâmica pedagógica diferenciada.


Há um tempo atrás eu vim aqui falar sobre a dificuldade de adaptação da pequena na escola, de como ela se sentia triste e carente.


Pois é, eis que essa mãe desistiu de uma pós graduação para investir na educação e felicidade da filha e sinceramente: não há arrependimento.


Sabe o que eu ganhei com tudo isso? Sorrisos, muito sorrisos. felicidade abundante e uma frase que jamais vai sair da minha cabeça e principalmente, NUNCA mais vou deixar isso acontecer.
A frase foi assim: "Mama, lá todo mundo é meu amigo, todo mundo brinca comigo e eu não fico sozinha..."


É isso. Tô feliz, realizada, minha filha tá feliz, animada, bem disposta e isso que importa!


Um beijo grandão,