segunda-feira, 30 de junho de 2008

Momentos!






Minha amiga de todas as horas, Lu Lopes.

Aqui alguns dos momentos memoraveis de nossa amizade de anos a fio que tem sempre sido mantida na base da honestidade, do carinho e principalmente do respeito mutuo.


Queria colocar as fotos numa ordem cronologica, mas talvez seja impossivel, mas vai dar pra representar bem esses momentos. Se liguem da esquerda pra direita!


1 -Mariuzinn com Andressa - bom demasssssssssss!

2 - Algo q a gente AMA, praia em dezembro de 2006 -Ipanema Beach.

3 - Dito e Feito com muito gummy e Dj Rodrigo Serpa mandando muito bem no som... Alone, Get Together...

4 - Cansadas... comemorando a inscricao do mestrado 2006 (tudo bem q a gente nao passou, mais valeu o esforco).

5 - Cine Ideal, aniver dela esse ano. O que foi aquilo hein? No coments kkkkkk.

Amiga Lu, apredemos a conviver com as diferencas e perceber que pra se amar nao precisa ser igual, e que ao mesmo tempo tao diferentes, podemos ser tao parecidas... Paradoxal isso rsrs. Enfim, agradeco a Deus por te colocado na minha vida, aprendo a cada dia com sua amizade e percebo que nada na vida acontece por acaso. Bendito Alvimar de Carvalho, magnifico Servico Social, expledoroso Rio de Janeiro e enriquecedor (sera sim) o mestrado da ENSP que nos uniu e nao vai nos separar. Te amo muito queridona!


Kisses fou you "menina" kkkkk!



domingo, 29 de junho de 2008

Ate que ponto as amizades sao realmente verdadeiras?

Existem coisas que as vezes fogem ao controle das pessoas, algumas vezes porque elas querem e outras, por puro e simples fruto do acaso. Ouvi entao uma historia que falava de uma segunda pessoa (olha, nao era fofoca ate porque eu nao conheco "A dona da historia" rsrs). Enfim, me senti na obrigacao de compatilhar com voces, uma vez que me senti na pele da pessoa em questao.

Uma pergunta: (na verdade, 2 perguntas) Seus melhores amigos entenderiam se voce escondesse algo deles por vergonha e por simplesmente fazer um mal danado pra voce contar mesmo que seja pra alguem tao intimo? E ate que ponto os amigos tem o direito de se "meter muito" na vida da gente? Essas vao pra pensar na cama, me respondam depois.

Com isso queria registrar e dizer pras minhas amigas de coracao o que eu tenho em mente do que seja amizade.
  • Lealdade (pelo dicionario ser leal significa: fiel, fidedigno, sincero)
  • Honestidade (que tal falar a verdade sempre, mesmo que essa verdade nao seja aquilo que o outro queria ouvir)
  • Carinho ( sentimento bommm)
  • Respeito (sempre por toda vida)
  • Amor (existe sim amor entre amigos)
  • Fraternidade (ser como irmaos)
Construa suas amizades em bases solidas, ate porque ninguem ta livre de nada mesmo.

Kisses fou you!

sábado, 28 de junho de 2008

Que madrugada a minha. Ufa!!!

Caraca, olha nem sei como hoje eu consegui fazer as coisas que deveria. Gente, eu passei uma madrugada dos horrores...
1 - Festa num Centro de Umbanda ou Candomble (nao sei a linha e diga-se de passagem estou cercada pro vaaaaaaaarios deles). A sessao acabou por volta das 4 da matina, uma batucada do cacete, o povo gritando muuuuuuito e eu querendo dormir.
2 - Como uma merda sempre vem acompanhada de outra, Maria Isis (crianca docil e amavel), que dorme a noite toda, resolveu acordar as 2 da matina e fazer pirraca... nossa eu tinha esquecido como era ruim nao dormir. Eu fiz de tudo pra menina parar de gritar e chorar, desde brincar ate alimentar (entendemos tb a troca de fraldas e ate um sumico pro outro comodo onde ela nao poderia me ver). Enfim, nada resolveu, ela so dormiu a hora que quis e obvio que nessa hora, meu sono ja tinha ido pra casa do caramba...
Ao acordar no dia de hoje, descobrir que a minha amiga querida tinha ficado muito doente - minha maquina de lavar simplesmente PAROU de funcionar. Como faz uma pessoa que tem um monte de roupas sujas e nao tem maquina de lavar? Lava na mao of course!
Entao, passei a manha todinha lavando uma pilha de roupas e to com a coluna totalmente fudida.
Resumo da opera, ainda tive de arrumar tempo pra fazer almoco e cuidar da minha pequena algoz kkkkkk!
Agora, num momento de descontracao, vi aqui contar pra voces minha linda e maravilhosa madrugada entoada pelo cantico? " Oxossi cacador, meu glorioso protetorrrrrrrrrrrrr".

E assim a gente vai levando essa vida!

Mesmo assim, ser muler esta na casa do "simplemente maravilhoso".

Kisses for you.



PS: Sylvinha Araujo e D. Ruth Cardoso partiram desta para uma bbeeeeeeeem melhor. E a gente tem o que a ver com isso? Perguntem a Sonia Abrao kkkkkkk.

quinta-feira, 26 de junho de 2008


Esse eu roubei do perfil da amiguinha Bonanno, mamy do Enzo lindinho.

Resolvi fazer uma homenagem ao meu "denguinho" - Maria Isis. Bebezinho, eu amo muito voce ta!


Antes de ser mãe eu fazia e comia os alimentos ainda quentes. Eu não tinha roupas manchadas, tinha calmas conversas ao telefone. Antes de ser mãe eu dormia o quanto eu queria. Nunca me preocupava com a hora de ir para a cama. Eu não me esquecia de escovar os cabelos e os dentes. Antes de ser mãe eu limpava minha casa todo dia. Eu não tropeçava em brinquedos e nem pensava em canções de ninar. Antes de ser mãe eu não me preocupava se minhas plantas eram venenosas ou não. Imunizações e vacinas então, eram coisas em que eu não pensava. Antes de ser mãe ninguém vomitou e nem fez xixi em mim. Nem me beliscou sem nenhum cuidado, com dedinhos de unhas finas. Antes de ser mãe eu tinha controle sobre a minha mente, meus pensamentos, meu corpo e meus sentimentos, e dormia a noite toda. Antes de ser mãe eu nunca tive que segurar uma criança chorando para que médicos pudessem fazer testes ou aplicar injeções. Eu nunca chorei olhando pequeninos olhos que choravam. Nunca fiquei gloriosamente feliz com uma simples risadinha. Nem fiquei sentada horas e horas olhando um bebê dormindo. Antes de ser mãe eu nunca segurei uma criança só por não querer afastar meu corpo do dela. Eu nunca senti meu coração se despedaçar quando não pude estancar uma dor. Nunca imaginei que uma coisinha tão pequenina pudesse mudar tanto a minha vida e que pudesse amar alguém tanto assim. E não sabia que eu adoraria ser mãe. Antes de ser mãe eu não conhecia a sensação de ter meu coração fora do meu próprio corpo. Não conhecia a felicidade de alimentar um bebê faminto. Não conhecia esse laço que existe entre a mãe e a sua criança. E não imaginava que algo tão pequenino pudesse fazer-me sentir tão importante. Antes de ser mãe eu nunca me levantei à noite toda, a cada 10 minutos, para me certificar de que tudo estava bem. Nunca pude imaginar o calor, a alegria, o amor, a dor e a satisfação de ser uma mãe. Eu não sabia que era capaz de ter sentimentos tão fortes. Por tudo e, apesar de tudo, obrigada Deus, por eu ser agora um alguém tão frágil e tão forte ao mesmo tempo. Obrigada meu Deus por permitir-me ser Mãe!

A volta!

Nossa, depois de um tempo enorme resolvi voltar e ativar esse brinquedinho que eu amei fazer!
Quando criei este blog, eu estava gravida de 7 meses se nao falha a minha memoria seletiva (essa vai pra ti Dani Lima kkkk), e depois muita coisa aconteceu... tanto faz, o que importa sera as novas postagens a partir de hoje. Para comecar quero ja pedir desculpas pela falta de acentuacao nessa coisinha - meu pc esta devidamente louco, entao, queria pedir que se esforcem pra ler o conteudo e entender rsrs.
Bem, hoje a garotinha ja nasceu, chama-se Maria Isis e tem 8 meses e meio de pura safadeza. Vou colocar depois umas fotos dela aqui pra vcs poderem acompanhar. Agora nao esquentem se de vez enquando rolar uma preguica... normallllllll!


Kisses for you!