quarta-feira, 6 de agosto de 2008

Dias intermináveis.

Sabe aqueles dias que você acha que nunca irão passar? Estou vivendo eles a fina flor da pele. Sem saber o que eu quero, o que preciso e para onde eu vou.
As horas passam lentamente e eu continuo aqui, com a certeza de que nada sei e que preciso incorporar algo que ainda não descobri o que é.

Ai, filosófico...

Não pensem que estão diante de alguém mal resolvido com a vida, pelo contrário, curto bastante tudo que a vida veio me oferecendo, só que como tudoser humano que se preze (inclusive mulheres), tenho uma inquietação constante.

Talvez a falta de trabalho (e olha q tenho procurado feito louca), esteja me deixando assim, meio tonta, sentindo saudades de coisas que não sei quais são, como diria o mestre Renato Russo " essa saudade que eu sinto de tudo que eu ainda não vi..."

Devaneios a parte e tentativas de explicações inesplicáveis, consegui fazer um balanço geral meio que torto: Preciso agir! Estou parada no tempo, com ferramentas certas, porém sem qualificações para começar a obra.
Onde encontro atualizações ou cursos de aperfeiçoamento da vida? Me falem, estou precisando.
E uma coisa é certa, apesar desse momento chatinho, tenho bens preciosos na minha vida e sinto que por eles e para eles tenho que voltar a tomar as rédeas da minha vida que estão perdidas nas mãos de um adestrador qualquer (não entendam mal, só fiz um paradoxo entre rédeas e adestrador, nada tem a ver com amante ok, lembrem-se sou HIPER casada).

Estou cansada! Cansada de não saber o que quero, de querer o que não sei e principalmente de me sentir sozinha no meio de uma montanha de pessoas. Fase introspectva? Talvez. Está valendo a pena? Não sei. O que fazer? Se eu soubesse, eu juro que não estava amolando ninguém...

Chega de lamento!

Mas eu precisava compartilhar. Me senti agora com 13 anos onde eu escrevia na minha agenda as loucuras de adolescente. Será que perto dos 30 a gente vai tendo essas crises mesmo ou são furtos da minha mente intelectual surreal?

Que seja. Quero paz no meu coração, hoje, agora e sempre.


Kisses for you!

PS: Acho que amanhã eu melhoro, até pq, desconfio que estou na TPM.

Nenhum comentário: