quinta-feira, 11 de novembro de 2010

De repente 30

Pois é...

Estou fazendo 30 anos hoje. Uma sensação absurda de felicidade com medo, misturada com pânico, pavor e tudo de mais doido.

Venho há uns dias pensando como um simples número tem uma representação tão forte. Não entrei na crise dos 30, mas confesso que tenho fica mais pensativa, mais atenta e principalmente mais coerente.

Lembro que há tempos atrás eu era:
A representante de turma do Ensino Fundamental que na época se chamava ginásio;
A pré-adolescente que foi curtia Debby Gibson, New Kids on the Bloch e Legião Urbana;
Alguém que era só filha;
Que tinha amores insubstituíveis (aff ainda bem que essa parte passou mesmo)
Uma pessoa que não tinha celulite, estrias e nem peito caído;
Mas tb alguém que não tinha tido o prazer de ser mãe e de amamentar um bebê (a gravidez em si eu ODIEI);
Fui a solteira mais solteira que eu conheci na vida... aproveitei MUITOOOOOOOO!

Hoje, aos 30, posso dizer que tenho alguns orgulhos na vida e dizer também que me sinto melhor fisicamente (tá, agora tem a barriga cheia de estrias, mas faz o que né!), mais adequada, sou mãe, sou uma profissional competente e coerente, tenho um casamento sólido e com altos e baixos como a maioria dos casamentos e nem por isso deixo de ser mega feliz, tenho planos, sonhos e anseios, quero poder comemorar esses 30 e mais outros 30 ao lado de pessoas que eu amo e que me amem também.

Agradeço a Deus pelas escolhas que eu fiz até hoje e principalmente com o que o destino me reservou. Todas as minhas experiências me fizeram uma mulher forte, decidida e persistente, que não desiste facilmente das coisas e que luta em prol dos seus objetivos.


SOU EU:

VERONICA,
FELIZ, INTEIRA, BALZAQUIANA E ESCORPIANA.

BEIJOS

5 comentários:

Tatinha disse...

AEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEE
PARABENS VE.. TD DE MAIS BELO P TI..
BJIMMMMM

Carolina Mendes disse...

Parabéns, Vê!!!
Eu também tive um certo medo de entrar na casa dos 30. Mas relaxa! O bicho não é tão feio quanto pintam por aí! Eu hoje posso te dizer que sou uma pessoa decidida, feliz e satisfeita com as escolhas que fiz.
Se a idade pesa? Sim, claro! Mas aprendi a me cuidar melhor!
Relaxe e curta muito, porque o melhor dia da sua vida é todo dia!!!

Felicidades!

Carolina Mendes disse...

Parabéns, Vê!!!
Eu também tive um certo medo de entrar na casa dos 30. Mas relaxa! O bicho não é tão feio quanto pintam por aí! Eu hoje posso te dizer que sou uma pessoa decidida, feliz e satisfeita com as escolhas que fiz.
Se a idade pesa? Sim, claro! Mas aprendi a me cuidar melhor!
Relaxe e curta muito, porque o melhor dia da sua vida é todo dia!!!

Felicidades!

*** Cris *** disse...

Parabéns! Adorei sua auto descrição, muito bom quando nos sentimos bem conosco mesmo,né?
Bjs e ótima semana!

Nai disse...

Tu é grandona também?! Que bacana.
Nem me fale dessa barriga de gravidez, acho que nunca mais volta pro lugar,rsss
Gata, eu amei fazer 30, foi muito libertador, dos nhem-nhem-nhem que eu tinha antes.

Beijus