quarta-feira, 20 de outubro de 2010

Certas coisas só acontecem comigo

Eu estava cheia de pressa pra ir pra casa depois de um dia punk de trabalho, eis que me lembro que o cartão de passagem havia sumido dentro da minha imensa bolsa.
Parei no balcão da recepção do prédio onde eu trabalho, apoiei a bolsona e começei a busca.

Eis que como num flash, o querido porteiro (que é novo na função) me faz a seguinte pergunta:

Porteiro: Olha só Ném... Você está com pressa?

EU: Olhar fumegante e pausa pra resposta... PORQUÊEEEEE?

Porteiro: Não é que eu queria fechar o portão, tá tarde, tô ficando com medo; mas pra isso você precisa ficar aqui no balcão com o controle dos carros pra eu fazer isso, dar a volta e entrar pela garagem.

EU: Olhar fumegante e pausa para resposta (2)... SIM, MAS EU TÔ COM PRESSA, PAREI AQUI SÓ PRA ACHAR MINHA CHAVE

Porteiro: Pois é, eu tô com muito medo e não tem ninguem aqui pra me ajudar.

EU: POIS É, MAS EU TB VOU FICAR TE DEVENDO ESSA.

Ok, eu poderia ter ajudado o cara, não faria mal nenhum, mas assim, eu sou assistente de uma agência de viagens bacana que tem no prédio e ele me chamou de Ném? Realmente doeu. Eu aceitaria um querida, moça, senhora, mas Ném? Isso não...

Pode falar que sou preconceituosa, mas isso me tira do sério, principalmente quando é dito por pessoas que trabalham com o público. Marca exatamente o tipo de atendimento que a empresa quer como excelência para seus clientes.

Mas é aquilo, como eu disse, certas coisas só acontecem comigo...

Era só pra descontrair ou então contrair mesmo rsrs.

bjokas

2 comentários:

DESASSOSSEGADA disse...

Fez bem eu tbm nao ajudaria um sujeito que usa ném para se dirigir as pessoas.

Engraçado fiz a minha postagem de hj com o titulo bem parecido com o seu e não tinha visto srsrs.

Bjos

Mulher Faladeira disse...

kkkkkk!Ném é de doer. Tb odeio. Sou até de uma comunidade no orkut sobre oassunto. rsrsrs!
bjs minha flor.
Saudades!

PS - Volto ao mercado nessa segunda, já não era sem tempo depois de um longo período em casa.