sexta-feira, 3 de janeiro de 2014

Chegou 2014!

Na primeira do ano que chegou sem graça, sem energia elétrica, sem ar condicionado e com muito calor (e sem praia mesmo estando no RJ), tive um sonho agora num cochilo no sofá e resolvi postar.
Quem acompanha o blog ou já leu alguma coisas aqui viu que há um tempo atrás eu perdi um grande amigo após ter contraído uma doença oportunista em decorrência do HIV (fato que a família nunca admitiu).
Então, em 06/12 passado fizeram 7 anos da morte desse rapaz. Eu confesso que não lembrei, mas hoje tive um sonho tão real que até me assustei!
Como estou de férias no Rio de Janeiro, acho que o subconsciente aflorou. Sonhei que encontrava a mãe do moço na rua, que conversávamos e instintivamente eu perguntava pelo meu amigo. De dentro da casa saia uma pessoa muito parecida com ele e vinha em minha direção com muita ternura, me abraçava, me beijava e dizia que tinha saudades. Assim passamos tempo conversando e "lembrando" das coisas do passado!
Até que fui embora é lá pelas tantas eu lembrei: como assim vivo? Eu fui no enterro, o cara morreu! Voltei pra brigar com a Mãe dele óbvio e a explicação foi que eu precisava desse contato já que ele morreu e nós estávamos brigados há pelo menos 10 anos.
Acordei com o telefone tocando e assustada. Será que isso tem alguma explicação? Vou orar pela alma dele!
Feliz 2014 pessoas queridas.

Nenhum comentário: