domingo, 23 de agosto de 2015

E aí faz o que com a ansiedade hein?

Gente do céu! Esqueci do blog (mentira), dei uma sumida mas olha eu aqui outra vez.

Ao invés de falarmos de Jequiti, vamos falar de uma caracterisitica que vezes soa como defeito: ansiedade. 

Eu, por exemplo, sou mega ansiosa. Sou capaz de não dormir caso esteja na espera de algum acontecimento que seja relevante pra mim. E quando alguem fala assim ó: quero falar com você depois... Nossa Senhora! Quase enfarto!

Bem, a grande questão que me fez vir aqui hoje é escrever sobre isso é que estou vivendo uma das minhas fases mais ansiosas dos meus 34 anos de idade.

A terapia tem me ajudado a nao entrar em parafuso, mas vezes por outra me pego imaginando coisas a respeito da situação que causa a tal ansiedade.

A loucura é num grau tão elevado que: crio as minhas falas, as falas da pessoa, as possibilidade (geralmente de dar merda) e no fim das contas eu acabo me sabotando.

Nunca fui uma pessoa pessimista nao, mas ha situações em que eu sempre acho que as pessoas serão beneficiadas e eu não. Será crise? Vai saber!

Vou trabalhar isso na terapia daqui duas semanas (gente a mulher quer me matar, não tem sessão essa semana).

Se eu não morrer de ansiedade essa semana, conto pra vocês como foi.

Ah, sabe a pior coisa dessa bosta de ansiedade: tira meu sono mas não tira minha fome! Mermao, é ou não é um sentimento do capeta?

Beijos,
Vê.

Nenhum comentário: