sexta-feira, 2 de janeiro de 2009

A descoberta!

Oie!
Finalmente acabou a era da comilança, devo ter engordado uns belos quilos, mas valeu a pena. Noites tranquilas, ao lado de familiares, amigos, enfim tudo de bom.
Mas, minha passada aqui não é pra falar de festa não, é pra lembrar de algo q não foi tão bom em 2008 e foi inevitável não lembrar nesse segundo dia de 2009.
Amanhã, dia 03/01/2009, fará um ano da minha grande descoberta: fui traída em 2008.

Tá, pode parecer piégas eu ficar falando disso aqui, mas como um blog é um espaço de desabafo, explicitações, e blá blá blá, o assunto não ficou bem digerido na minha cabeça e com essa proximidade chegando, resolvi postar.

Não vai dar pra contar a história toda pq é longa e tô com preguiça de digitar. Só o que precisam saber: desobri pelo MSN (homem é burro mesmo), fiquei arrasada, chorei, grite, bati, machuquei, mandei embora, pedi pra voltar de novo, disse que amava, que odiava, que queria a morte, que não podia viver sem, chantageei, humilhei, tripudiei (em cima da moça), enviei a conversa pro email do então namorado da moça, fiz piadas, joguei na cara, mas no fim, descobri que não dá pra ficar sem ele...
Pois é, num posts desses ai eu falei de traição de uma maneira lânguida e até positiva, desde q houvesse jogo limpo, q no meu caso não houve, e ai agora falo disso assim: devem estar pensando - Caraca, a mulher é bipolar kkkkkk!
Nada disso, a intenção é dizer que uma coisa destas é difícil esquecer, podem passar dias e dias, mas vira e volta, me pego pensando se de repente significou algo pra ele.

Recebi declarações de amor depois disso, a relação foi reconstruída. Perdoar? Hummm, complicado, mas resolvi pagar o preço por amar demais, por aceitar que tudo continuasse igual (ou pelo menos parecido).

Todo mundo um dia se ferra né!!! Q jeito. Dia 03/01/2008 foi minha vez.

PS: O post não pra sentir pena de mim não viu, é só pra extravasar, já que é inevitável não pensar em tudo novamente. Julgamentos? Podem julgar se quiser, mas fiz tudo por amor à minha família que na época já tinha Maria Ísis pequenina.

Beijos mil e excelente 2009.
Veronica

2 comentários:

Danielle Lima disse...

Ai, qdo falo de traição só penso no Closer. Relações, traição, mentira, isso tudo só pode dizer que já viveu de perto. E só!
Saudades de vc, amiga! Resolvi postar! Ha ha ha ha!

Feliz 2009, gata!

Danielle Souto disse...

Pena de vc??? Pq memso? Mulher, vc consegue superar esse pouquinho de coisas? Ainda deu um tapa de luva no sujeito? Ah, fala serio....tu é poderosa viu!!!! Xerim